Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lavandaria

por Jorge Fiel

Lavandaria

por Jorge Fiel

04.12.08

O grande denominador comum existente entre a garrafa de vodka e a lingerie da Marilyn Monroe

Jorge Fiel
O soutien está no congeladorDo meu ponto de vista, que todos sabem que não é modesto, o sítio certo para acomodar uma garrafa de vodka é exactamente o mesmo que a Marilyn Monroe escolhia para guardar a sua lingerie – o congelador.Aprecio bastante a viscosidade do escorrer para o copo da vodka (a meio pau entre os seus estados liquido e sólido) armazenada à violenta temperatura negativa de um (...)
03.12.08

Toma lá para fazeres um chá de vodka

Jorge Fiel
Reza a tradição que a vodka deve ser consumida sob a forma de shot. Enche-se um copo com esta bebida de nome e índole traiçoeiros (1) e depois toca a atirar tudo pela garganta abaixo, de um só trago.Eu não sou adepto desta prática, que não hesito em qualificar como bárbara. Para estas práticas javardas é um desperdício usar vodkas tão finas como as já referidas Stoli e Zubrowka (ou até a (...)
02.12.08

A Stoli é boa, mas a Zubrowka ainda é melhor

Jorge Fiel
 Os maiores especialistas vivos no grande cisma da vodka dizem que as polacas (as vodkas, não as mulheres, bem entendido) são mais oleosas e têm sabor e aroma mais acentuados e adocicados, sendo mais suaves que as russas, que queimam na garganta.Devem ter razão. Eu devo dizer que historicamente sempre me dei bem com a Stoli russa, e até fiquei fã de uma sua versão com aroma e sabor a frutos (...)
01.12.08

A irresístivel ascensão da vodka

Jorge Fiel
 Há toda uma vasta série de questões relacionadas com a geografia e história que levaram a que os polacos se dêem mal com os russos (e vice-versa), sendo que uma das mais relevantes é o contencioso sobre a paternidade da invenção da vodka, que é firmemente reivindicada por ambos os países.Ao longo dos tempos, a vodka deixou de ser uma coisa que não me dizia nada para passar a ocupar um lugar (...)
08.08.07

Para se ser alguém na vida, é preciso ter uma política adequada de copo de fim de tarde

Jorge Fiel
  «Para mim, é um vodka tónico. Com Stoli ou Absolut. E muito gelo», encomendou Francisco Balsemão. Estávamos os dois no Porto Sheraton para um encontro de trabalho, entre o fim da tarde e o início da noite.   Eu era o responsável pela delegação do Porto do Expresso.   O Sheraton ainda não tinha atravessado para o outro lado da avenida da Boavista e era o actual Porto Palácio.   Balsemão ainda retirava prazer da bebida. No entretanto, tudo quanto é álcool passou a (...)
02.04.07

A mulher do vestido preto, soquetes brancas e sapatos cor de rosa. Rapsódia russa em 14 andamentos

Jorge Fiel
 Aí está o relatório russo mais esperado desde o não menos famoso, mas um pouco mais secreto, relatório apresentado pelo camarada Nikita Krushchev (Deus o tenha em bom lugar a ele que foi um dos responsáveis pela construção do belo e monumental Metro de Moscovo) ao XX Congresso do PCUS que como é do conhecimento geral  foi o pontapé de saida à desestalinização da URSS (CCCP se preferirem usar (...)