Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lavandaria

por Jorge Fiel

Lavandaria

por Jorge Fiel

28.11.08

O estranho caso do rapto da estátua do camarada Vladimir Ilitch Lenine em Strzelecki Park

Jorge Fiel
O Voto, de Wlodzmierz Siwierski. Apesar dos esforços do POUP, os cidadãos da Nowa Huta não substituíram o catolicismo pela nova religiãoAs contas de fazer de Nowa Huta o coração proletário do POUP (1) saíram completamente furadas à clique estalinista instalada em Varsóvia.A Siderurgia Lenine, começada a construir em 1950, já deitava fumo em 1954, ano em que foi inaugurada com a solenidade devida (...)
27.11.08

Uma fortaleza chamada Nowa Huta

Jorge Fiel
O desenho de Nowa Huta, projectada para facilmente se transformar numa fortaleza inexpugnávelO capitalismo planificou, a partir do zero, cidades como Brasília e Camberra, concebidas para serem as capitais dos respectivos países. Já fui a Camberra (e gostei) e nunca fui a Brasília (mas gostava muito de lá ir)O comunismo, versão URSS, planificou, a partir do zero, cidades como Nowa Huta e  Magnitogorsk (...)
26.11.08

Piotr Ozanski, furioso assentador de tijolos

Jorge Fiel
Piotr Ozanski, num retrato feito em 1950 por Erwin Czerwenka À epopeia da construção da proletária Nowa Huta não podia faltar um herói stakhanovista, a patranha inventada pelos soviéticos para tentar convencer o pessoal a matar-se a trabalhar – e, ainda, compor, para consumo externo, a imagem da URSS como um paraíso socialista (cruzes canhoto!).Mal comparado, o stakhanovismo é uma espécie de (...)
25.11.08

Como o valoroso camarada Stalin fracassou com estrondo na árdua tarefa de selar a vaca polaca

Jorge Fiel
O camarada Staline entre os membros do grupo folclórico Mazowsze, um belo exemplar do socialismo realista, esta pintura quadro de B.Borowski (1953)Não é preciso ir à Polónia e passar dois meses a escrever, todos os dias, da viagem para perceber que os polacos estiveram para os comunistas soviéticos da mesma maneira que os gauleses irredutíveis para os romanos.Se olharmos com alguma liberdade (...)