Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Lavandaria

por Jorge Fiel

Lavandaria

por Jorge Fiel

24.09.10

A mão que bate a punheta

Jorge Fiel
No cinema, a namorada diz ao namorado: - O gajo que está ao meu lado está a bater uma punheta! O namorado responde-lhe: - Ignora-o! Ela diz de volta: - Não posso, ele está a usar a minha mão! (anedota da colecção particular de Joaquim Oliveira)  
23.09.10

Um esquecimento muito inconveniente

Jorge Fiel
        Um alentejano esteve a beber até o bar fechar. O empregado avisa-o que vai fechar e que ele tinha de sair. O alentejano levantou-se e caiu no chão. Tentou novamente levantar-se e voltou a cair. Optou então por arrastar-se até à porta. Já na rua tentou levantar-se e caiu novamente… Decidiu então ir a rastejar até casa. No dia seguinte de manhã, a mulher comenta: - Grande bebedeira ontem… El (...)
22.09.10

A anedota do golfista encornado

Jorge Fiel
Sábado, como de costume, levantei-me cedo, coloquei os meus agasalhos, vesti-me silenciosamente, tomei o meu café e até fui dar um passeio com o cão. De seguida peguei nos tacos de golfe e fui para o meu carro. De repente, começou a chover torrencialmente. Havia neve misturada com chuva, ventos de mais de 80 km/hora. Liguei o rádio e ouvi que o tempo seria de frio e chuva durante todo o dia. Silenciosamente (...)
19.09.10

A enjoadinha do 3º direito

Jorge Fiel
O marido chega a casa indignado e diz para a mulher (loira):  - Encontrei aquela besta do nosso vizinho do 2º andar a gabar-se de ser o maior garanhão. Sabes o que ele me disse? Que já comeu todas as mulheres aqui do prédio menos uma !!! Ao que a mulher (loira) prontamente responde: - Ah, deve ser aquela enjoadinha do 3º direito…   (anedota da colecção particular de Joaquim Oliveira)  
18.09.10

O papel da masturbação como indutor do sono

Jorge Fiel
Dois velhos sentados num banco de jardim a dar milho aos pombos comentam um com o outro: - O Zé, não consigo dormir. Deito-me na cama e levo horas para adormecer… - Olha, eu durmo sempre que nem um anjo. E como é que fazes para dormir? - Masturbo-me… - Masturbas-te?! A sério?? E vens-te??? - Não, mas canso-me…   (anedota da colecção particular de Joaquim Oliveira)
17.09.10

Oh, desculpe, não sabia trazia receita...

Jorge Fiel
Uma mulher entra na farmácia e diz:  - Por favor, tem aí veneno? O farmacêutico franze as sobrancelhas e pergunta: - Para quê? A mulher responde: - Para matar o meu marido! O farmacêutico abana a cabeça: - Não posso vender veneno para esse fim… A mulher abre a bolsa e exibe uma foto do marido a foder a mulher do farmacêutico, que se apressa a dizer: - Oh, desculpe, não sabia que trazia receita…   (a (...)
16.09.10

Conversas e aromas de elevador

Jorge Fiel
  Uma gaja muito perfumada entra num elevador onde está uma velhota e diz: -  Chanel, 50 euros, comprado na melhor perfumaria de Lisboa Entra outra gaja no elevador, também muito perfumada, e diz: - Safari, 60 euros, comprado na melhor perfumaria de Paris Ao sair do elevador, a velhota solta um grandessíssimo peido e diz: - Feijão fradinho a 80 cêntimos o quilo, esta semana, no Pingo Doce.   (anedota da (...)
15.09.10

Ex-marido apanhado na curva

Jorge Fiel
  Ex-marido provoca ex-mulher: - Então como se sente o teu novo marido a usar uma vagina que foi minha durante cinco anos? Ela responde: - Feliz da vida! Durante quatro anos teve de partilhá-la contigo, mas agora é toda dele.   (anedota da colecção particular de Joaquim Oliveira)
11.09.10

O génio da lâmpada é danado para brincadeira

Jorge Fiel
  Sem forças e sequioso, o preto erra pelo deserto já sem acalentar grandes esperanças de salvamento, quando tropeça numa lâmpada semi-enterrada na areia. Esfrega-a e sai de lá um génio, que se disponibiliza para lhe satisfazer três desejos. O náufrago do deserto pede logo água – muito água. Pensa um bocado e manifesta a vontade de mudar a cor da pele e passar a ser branco. Finalmente, confessa que (...)