Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lavandaria

por Jorge Fiel

Lavandaria

por Jorge Fiel

Qua | 11.03.09

O que é que a Defesa Siciliana tem a ver com a exploração da Gruta da Leda pela Coluna de Jade?

Jorge Fiel

Sabe onde fica a Leda? Bem, se estivéssemos a falar da quinta (e não da gruta), a sua ignorância seria absolutamente indesculpável. A Quinta da Leda, propriedade da Sogrape, fica no Douro Superior, muito perto da raia, e é a partir das suas uvas que é feito o Barca Velha, o mais mítico dos vinhos portuguesas.

Mas como estamos a falar da Gruta da Leda (expressão inventada pela autora, “ganda nóia”, acrescenta ela), o caso muda completamente de figura.

Num esforço de tradução das expressões taoistas usadas pela autora, creio que não andarei longe da verdade se disser que se a coluna de Jade entrar na Gruta de Leda a proprietária da gruta não corre o risco de engravidar - mas  já mesmo não se poderá dizer “se a grande invenção de Deus”  se meter a explorar outra gruta, conhecida como Pérola Preciosa.

Carlos Castro, porradinha de qualidade, Batman, uma mala roubada no aeroporto de Orly, Cavaco Silva, a diferença entre o Salto do Tigre e o Pulo do Lobo, a Defesa Siciliana compota de mirtilhos, a Organização Mundial de Saúde e um Black & Decker são alguns dos protagonistas desta palpitante 5ª edição do passatempo da Lavandaria, baseado no best seller de Ana Anes (cronista indigitada da edição portuguesa da Playboy, a não perder!) intitulado Sete Anos de Mau Sexo.

Para quem anda distraído, aviso uma vez mais que a resposta certa é sempre a b).

 

1.     Na douta opinião da autora, para que ser o látex?

 

a)     Para evitar que uma gravidez não desejada;

 

b)    Para apanhar porradinha de qualidade sem deixar traços;

 

c)     Para brincar ao Batman em vez de aos médicos;

 

d)    Para camuflar a celulite;

 

 

2.     Qual é,  na avalizada opinião de Ana Anes, a diferença entre Carlos Castro e os taoístas?

 

a)     A diferença é que Carlos Castro tem uma coluna no 24 Horas e os taoistas não;

 

b)    A diferença entre Carlos Castro e os taoistas é que estes últimos contam mesmo tudo;

 

c)     A diferença é que ninguém se atreveria a roubar uma mala a um taoista em Orly;

 

d)    O que fazemos e o que somos é determinado mais pelas circunstâncias do que pelo carácter.

 

3.     O que é Salto do Tigre?

 

a)     A nova denominação dada ao Pulo do Lobo após Cavaco Silva ter sido eleito Presidente da República;

 

b)    Uma posição em que uma mulher ajoelhada, como que rastejando, com o rosto para baixo e o cuzinho bem erguido, apanha com a Coluna de Jade  (a tal de pilinha ou “grande invenção de Deus”) não na corneta mas na gruta da Leda;

 

c)      Uma posição em que uma mulher ajoelhada, como que rastejando, com o rosto para baixo e o cuzinho bem erguido, apanha alternadamente com a Coluna de Jade (a tal de pilinha ou “grande invenção de Deus”) na Gruta da Leda e na Pérola Preciosa (mais conhecida por parrachita) – uma prática condenada pela Organização Mundial de Saúde;

 

d)    A opção mais correcta que um jogador de xadrez pode adoptar logo que repara que o adversário optou pela Defesa Siciliana.

 

4.     A autora prefere dominar ou ser dominada?

 

a)     Tanto se lhe dá, é consoante a ocasião – faz uma perninha nos doisa lados sempre que pode;

 

b)    Prefere ser dominada, nem que tenha de fingir que uma das algemas não se soltou, ou que não vejo nada com venda que é transparente;

 

c)     Prefere ser dominada se o parceiro abdicar, previamente e por escrito, do uso de aparelhos da classe Black & Decker, de lhe aplicar no corpo compota de mirtilhos e de lhe administrar clisteres;

 

d)    Prefere ser dominada se o parceiro garantir que lhe dá meia dúzia de palmadas vigorosas em cada nádega e que, durante o acto, repete com insistência e aos urros as frases “que granda cu” e “és tão boa!”. Se não, prefere dominar e promete que nunca se calará de repetir um guião pontuado pelas seguintes quatro frases; “dá-me com força”, “fode-me,fode-me!), “isso, assim” e “tou quase, ‘tou quaaaaaaaaaaase”.

 

8 comentários

Comentar post