Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lavandaria

por Jorge Fiel

Lavandaria

por Jorge Fiel

Seg | 18.04.11

Dentro do prazo de validade mas já fora da garantia

Jorge Fiel

 

“Ainda está no prazo de validade, mas já não está dentro da garantia”. Foi a melhor resposta que ouvi na semana passada – e logo em stereo.

Já algum tempo que o passe do Metro de Lisboa me andava a deixar ficar mal, não abrindo as portas à primeira (e não raro nem à segunda, nem a terceira, nem à quarta), transformando-me numa espécie de íman involuntário do desagradado dos passageiros apressados, obrigados a fazerem fila atrás de mim.

Quarta feira, por volta da hora do almoço, no Rato, tive a sorte de apanhar uma menina fardada no cubículo do Metro e dei-lhe para a mão o meu passe e contei-lhe as minhas desgraças (não todas, apenas as relacionadas com a deficiência daquele cartão). 

 “Ainda está no prazo de validade, mas já não está dentro da garantia”, respondeu-me ela depois de ter examinado atentamente o meu passe Lisboa Viva e antes de me recomendar que fosse à Avenida ou ao Campo Pequeno, pois nessas estações arranjavam-me um passe novo de um dia para o outro.

“Ainda está no prazo de validade, mas já não está dentro da garantia”, disse-me o jovem cavalheiro do balcão do Metro do Campo Pequeno (resolvi manter-me na linha amarela) depois de lhe ter apresentado o meu passe e antes de me dar o formulário para pedir um novo.

Não foi preciso entregar nova fotografia (se bem que talvez eu tivesse alguma vantagem nisso…) apenas pagar 12 euros – presumo que o custo do cartão já não estar na garantia, apesar de ainda estar dentro do prazo de validade.

Foi assim que, na semana passada, dei o meu modesto contributo para atenuar o monstruoso défice da Carris e fiquei a pensar se aquela resposta do prazo da validade e da garantia do cartão Lisboa por acaso também não se aplicará a mim...

2 comentários

Comentar post