Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lavandaria

por Jorge Fiel

Lavandaria

por Jorge Fiel

Dom | 28.11.10

O pequeno almoço à francesa

Jorge Fiel

O dominical pequeno almoço à francesa é um dos pequenos prazeres âncora da minha triste semana-tipo.

Levanto-me da cama quando já não consigo ouvir mais o João (nascido no ano 2000) a protestar, dizendo que está cheio de fome, visto-me (sem tomar banho), pego na carrinha Fiat Marea (comprada em 2001) e vou até à Boulangerie de Paris, que fica na rua Gonçalo Sampaio, ao lado do Península e em frente ao Centro Comercial do Bom Sucesso.

Para mim trago sempre um pain au raisin. Para o resto da freguesia, a ementa vai variando, umas vezes é o croissant normal, outras é o croissant com amêndoa ou o pain au chocolat .

Hoje além do pain au raisin (0,90 euros), trouxe dois croissants amêndoa (1,80), bem como pão  –  baguette (0,75) e três pães especiais (um com noz e bacon, outro com azeitona, e um último com passas, todo por 1,20)  - , bem como pastéis para sobremesa: dois Paris-Brest (o normal a 1,55, o com morangos por 1,75) e uma Religieuse de chocolate (1,55).

Por 9,50 euros, está praticamente assegurado um dia feliz.

O pequeno almoço à francesa é acompanhado por sumo de laranja (marca própria Continente ou Pingo Doce (ambos muito bons) e chá verde frio. Nos domingos quentes de Verão é consumido na varanda da sala, com vista para a avenida da Boavista e o Graham. Nas manhãs frias é comido na cama – é muito confortável mas ficam sempre migalhas nos lençóis apesar de eu trazer sempre no tabuleiro os indispensáveis pratos, garfos, facas e guardanapos. Parece ser uma fatalidade do breakfast in bed

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.