Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Lavandaria

por Jorge Fiel

Lavandaria

por Jorge Fiel

Seg | 18.10.10

Sou um fenómeno na cama

Jorge Fiel

 

Uma mulher, numa festa, vê um homem fascinante. Chega-se perto dele e diz-lhe:

- Sou um fenómeno na cama.

 Isto é Marketing Directo.

 

 Uma mulher, numa festa, vê um homem fascinante.  Um dos seus amigos chega-se perto dele e diz-lhe:

 - Aquela mulher é um fenómeno na cama.

 Isto é Publicidade.

 

Uma mulher, numa festa, vê um homem fascinante. Pede-lhe o número de telemóvel. No dia seguinte liga-lhe e diz:

- Sou um fenómeno na cama.

Isto é Telemarketing.

 

Uma mulher, numa festa, vê um homem fascinante. Ela reconhece esse homem.  Chega-se mais perto dele, refresca a sua memória e diz-lhe:

- Lembras-te como sou fantástica na cama?

Isto é Customer Relationship Management.

 

Uma mulher, numa festa, vê um homem fascinante.  Levanta-se, arranja o vestido, aproxima se dele e oferece-lhe um copo. Diz-lhe como é bom o seu perfume, dá-lhe os parabéns pela sua boa aparência.  Oferece-lhe um cigarro e diz-lhe:

- Sou um fenómeno na cama.

 Isto é Public Relations.

 

 Uma mulher, numa festa, vê um homem fascinante.  Ele chega-se perto de dela e diz-lhe:

- Ouvi por aí que és um fenómeno na cama.

 Isto é Branding, o Poder da Marca.

 

Uma mulher, numa festa, vê um homem fascinante. Chega-se perto dele e diz-lhe:

- Sou um fenómeno na cama

e mostra-lhe uma mama.

Isto é Merchandising.

 

 Um homem, numa festa, vê uma mulher fascinante. Chega-se perto dela e diz-lhe:

- Sou um fenómeno na cama. Dou várias seguidas e resisto toda a noite

sem parar.

 Isto é Publicidade Enganosa e é punida por lei.

 

(curso intensivo de marketing gentilmente facultado pela minha amiga Fátima S.)

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.