Terça-feira, 28 de Setembro de 2010

O Donovan enganou-me mas resolvi o problema!

O meu amor por Atlantis dura desde que o Em Órbita me chamou a atenção para esta canção de Donovan ao elegê-la como a melhor do ano de 1969 (em homenagem ao programa, incluo em anexo, no final deste post, o texto justificativo da eleição).

 

Seria altamente injusto classificar Donovan como uma daqueles intérpretes de um só hit, já que do seu repertório constam canções tão respeitáveis como Mellow Yellow, Lalena ou Riki Tiki Tavi, só para citar três exemplos. Mas penso que ninguém tem dúvidas de que Atlantis está num nível infinitamente superior às restantes – entrou em órbita enquanto as outras não abandonaram a terra.

 

Eu próprio fui durante muitos anos o feliz proprietário do single de Atlantis, em que o lado B era uma canção divertida e inofensiva, chamada To Susan in the West Coast Waiting.

 

Para poder voltar a ouvir a obra prima de Donovan sempre que me desse na veneta, decidi aproveitar a visita à Amoeba e investir uns dólares na compra de um CD dele que incluísse Atlantis.

 

Chegado ao carro, tratei logo de pôr o CD a tocar e ia vomitando quando ouvi a interpretação ao vivo, despida de todo o dramatismo e grandiosidade da versão original. Uma palhaçada. Tremendo engano!

 

No dia seguinte, voltei ao Amoeba e contei a minha desgraça, para ver se isso os comovia. Não foi necessário. Eles têm uma política curiosa de trocas. Trocam tudo, num prazo de sete dias, mesmo que não haja uma boa razão, mas penalizam o trocador em 25% do preço da primeira compra. Ou seja deram-me logo um voucher no valor de 75% do que eu tinha pago pela CD ao vivo do Donovan.

 

Achei justo. Se vivesse em Los Angeles era bem capaz de aproveitar esta política de trocas para encher o meu iPod com as canções que quisesse - e não arranjasse de outra maneira.

 

 

Atlantis é um acto de conquista.

 

Cruzada maravilhosa empreendida por novos guerreiros que partem na certeza antecipada de uma vitória final, empolgante e decisiva.

É um ritual de mágico encantamento, que nos transporta até às diluídas fronteiras de um nobre e novo país, onde tudo se sublima em atmosferas de transbordante paixão.

Fascinante sussurro de um Deus perfeito que, mordido pelo fogo de uma eterna insatisfação, se projecta ao assalto de metas sempre mais longínquas.

Subtil murmúrio que em brusca e prodigiosa metamorfose se transforma no grito visceral e puro de um novo Sol a nascer.

Atlantis é todo o fascínio de uma Nova e Desconhecida Aventura.

Atlantis é um dos mais belos momentos de toda a história da música popular.

Atlantis é a melhor gravação de 1969
.

música: Atlantis, Donovan
publicado por Jorge Fiel às 19:50
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

O Donovan enganou-me mas ...

mais comentados

últ. comentários

concordo!!! Adoro fazer sexo anal
nao só os homens gostam!!! Adoro essa forma de fa...
Há uma boa forma de distinguir um do outro; é ir à...
Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds