Terça-feira, 21 de Abril de 2009

Estão verdes... não prestam!

Das duas versões clássicas da fábula da «Raposa e das Uvas» prefiro claramente a moral da história tirada por La Fontaine.

 

Como devem estar lembrados, a situação é idêntica em ambas as versões, que apenas diferem na conclusão. Uma raposa faminta passa debaixo de uma parreira carregada de cachos de uvas bem maduras, mas altas demais. Por mais que pulasse não conseguiria abochanhá-las.

 

Na versão de Esopo (séc. VI aC) , a raposa olhou para os cachos e disse: «Estão verdes..»,. «É fácil desdenhar daquilo que não se alcança», concluiu o filósofo grego, tornando-se assim o remoto inspirador do moderno provérbio «quem desdenha quer comprar» . ,

 

Na versão de La Fontaine (sec. XVIII), a raposa seguiu o seu caminho, murmurando: «Estão verdes. . .  já vi que são azedas, duras. . ». «Adiantaria se chorasse?» – remata o poeta e fabulista francês. Eu interiorizei como um mandamento de vida, o pragmatismo do ensinamento tirado por La Fontaine da fábula da raposa.

 

Sonhar ser vizinho da Yoko Ono no Dakota Building (com vista para o Central Park), ter um apartamento no coração do Marais (preferencialmente na Place des Vosges), ser visita de casa de Scarlett Johansson, e viajar pelo Mundo em executiva com um portátil Sony Vaio BX197XP debaixo do braço, não passaria de um exercício barato de masoquismo.

 

E um desperdício de tempo que me impediria tirar o devido prazer da vida que tenho. Devo confessar-vos que vivo bastante satisfeito com o formato «estão verdes… não prestam» gravado no meu rígido e respondendo sempre em regime de piloto automático..   

 

Ser um pragmático da linha dura não equivale a atravessar a vida com os braços caídos. O «estão verdes… não prestam» não pode ser sinónimo de desistência, mas sim da recusa em travarmos guerras que à partida sabemos que não podemos ganhar.

Se queremos ganhar, não vale a pena jogar ténis com Boris Becker. Mas se calhar podemos vencê-lo se o desafiarmos para uma partida de xadrez ou de matrequilhos. Temos é de ser realmente bons e competitivos nestas disciplinas.

 

Com uma simplicidade luminosa, o ministro de Estado japonês Kouki Chuma explica tudo numa frase desarmante: «As roupas baratas, o Japão compra à China. As roupas caras, a China compra ao Japão». Esta bússola de bom senso deveria chegar para sobreviver.

música: The partisan, Leonard Cohen
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Jericho a 21 de Abril de 2009 às 19:52
Boas, vim por este meio pedir-vos para que adicionassem o meu blog de futebol aos vossos links sff

http://portal-futebol.blogspot.com/

O nome do blog é Portal Futebol


Depois quando adicionarem comuniquem-no no nosso blog para que nós também vos adicionemos

Saudações!
De Jorge Fiel a 26 de Abril de 2009 às 08:49
Preclaro Jericho

Eu coço as tuas costas se tu coçares as minhas.

Como principio não é mau. Mas o seu comentário fez-me sentir estar a trabalhar nas Páginas Amarelas.

A bem da Nação!

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...
Carissimo, em Espanha o pez espada é o que nós cha...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Ligações

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds