Sábado, 14 de Março de 2009

Prefiro o Hercule Poirot à Miss Marple

Sempre adorei policiais. E, por comodidade, prefiro ter sido previamente apresentado ao herói.

Quando leio as primeiras linhas de um livro, conforta-me saber que vou ter alguém conhecido a resolver a aventura em que estou prestes a envolver-me.

Na Agatha Christie sempre preferi os romances protagonizados por Hercule Poirot aos da Miss Marple. Poderia tentar arranjar uma boa explicação para isso – com jeito até tinha aqui matéria para uma tese de doutoramento (no mínimo para uma de mestrado) – mas não me vou dar a esse trabalho.

Acho que sempre preferi o tipo de dedução poirotiana à marpleiana. Pode ser isso. Aprecio as vaidades do detective belga, as exclamações que ele solta e a descrição física que Agatha faz dele: “uma cabeça oblonga, como um ovo, em parte coberta por cabelos de um negro suspeito, com um bigode imenso e um par de olhos perscrutadores”.

Sempre que vejo o Mário Bettencourt Resendes (tirando da última vez em que ele apareceu de chapéu numa roda de conversa na entrada traseira do DN) lembro-me logo do Poirot e da sua cabeça em formato de ovo.

Li quase toda a Agatha Christie nos pequenos e belos livros da colecção Vampiro, com capas de Lima de Freitas, mas quando, no início dos anos 80, a Livros do Brasil editou as obras completas da escritora inglesa, em 40 volumes (cada um com duas histórias e vendidos a 200 escudos), não resisti a coleccioná-los e relê-los, apesar das capas não serem entusiasmantes.

Se me perguntarem qual é o melhor romance da Agatha Christie, não hesito um segundo antes de responder O assassinato de Roger Ackroyd, por razões que quem o leu conhece -  e que me abstenho de revelar a quem não o leu para não lhes castrar o prazer dessa descoberta.

Para abrir o apetite a todas as preclaras e preclaros que ainda têm esse enorme prazer intacto, transcrevo o primeiro parágrafo desta intriga desvendada por um Hercule Poirot que aqui nos aparece numa faceta curiosa (a de cultivador de abóboras):

Mrs Ferrars morreu na noite de quinta feira, de 16 para 17 de Setembro. Foram chamar-me às oito horas da manhã de sexta feira, 17. Não havia nada a fazer; estava morta havia algumas horas”.

Se me perguntarem qual a melhor adaptação ao cinema, não hesito um segundo antes de responder: O Crime no Expresso do Oriente.

Sempre tive um fascínio por este mítico comboio, a intriga (mais uma vez desvendada por Poirot) é fabulosa e como agravante, tive a oportunidade para visitar o quarto no Hotel Pera, em Istambul, onde é suposto Agatha ter escrito este romance.

música: King of Jailhouse, Aimee Mann
Tags:
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De corisca a 15 de Março de 2009 às 02:20
Parabéns! 100,014. Pas mal...
De Jorge Fiel a 31 de Março de 2009 às 17:58
Preclara Corisca

Ainda faltam uma data de cliques para chegar ao milhão....

A bem da Nação!

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Há uma boa forma de distinguir um do outro; é ir à...
Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds