Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009

Breve conjectura sobre três sabonetes

 

Há três sabonetes marcantes na minha vida, que foram, por ordem cronológica, o Lux, o Lifebuoy e o Magno.

O Lux, o sabonete que nove em cada dez estrelas usavam (e uma delas era a sex symbol Elisabeth Taylor, estrela do filme Cleópatra que, por causa da cena erótica em que ela saía da banheira/piscina, foi classificado como um espectáculo para Maiores de 16 anos), era o luxo com que eu sonhava quando o que encontrava no lavatório era um cubo agreste de sabão azul, comprado na drogaria da esquina e cortado com perícia pelo senhor Arnaldinho.

O Lifebuoy - com aquele seu intenso aroma a desinfectante que faziam dele uma autêntica bóia de salvação para quem carecia de sabão - foi o sabonete adequado ao meu período trotskista, quando, na companhia do Hugo e do Manuel Resende, fazia regularmente viagens nocturnas e clandestinas a Lisboa, a bordo do VW Carocha branco do Sardo.

Confesso-vos que tenho muitas saudades do cheiro proletário do Lifebuoy, e que só deixei de o usar quando ele desapareceu das prateleiras dos supermercados.

Nas suas apelativas formas arredondadas, o Magno, volumoso e preto, corresponde a uma fase em que passei a valorizar essencialmente a estética do conteúdo – acho que, do ponto de vista da embalagem, este sabonete galego perde em toda a linha para as linhas clássicas e vintage do Lifebuoy.

Agora, que estamos enterrados naquela “crise que só se vive uma vez na vida”, optei pela racionalização o que me atirou de novo para o regaço do Lux, num curioso movimento que parece confirmar a teoria do eterno retorno (apesar de, no entretanto, a Liz Taylor ter naufragado nas ondas de uma boa dúzia da casamentos).

Passei a encarar o sabonete como uma mercadoria, e o Lux é o mais barato: 5,36 euros o quilo. Ninguém precisa de andar com as mãos sujas (o Sartre nunca advogou isso, como o sabem todos os que se aventuram além da capa do livro) quando o pack com quatro sabonetes de 125 grmas se pode adquirir pela módica quantia de 2,68 euros.

Já o Patti, da Ach Brito, com uma embalagem muito querida onde são salientadas a suas propriedades hidratantes, anda pelos 8,90 euros o quilo, mais caro que a queijo raclette da marca Auchan.

Por sua vez, o Dove apresenta-se ao preço exorbitante de 12.50 euros o quilo, três euros a mais que o magnífico camarão português 60/80 vendidos no El Corte Ingles.

Não encontro justificação para o Dove custar bastante mais que o dobro do que o sabonete que era o preferido por nove em cada dez estrelas de Hollywood.

 

música: Invisible ink, Aimee Mann
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Tibetana a 3 de Fevereiro de 2009 às 18:37
Preclaro Boss JF,
Todos estão a economizar centavos, do queijo ao sabonete... mas porque exagerar?
O Lux houve época que continha algum aditivo que provocava alergia, mas melhorou e muito. Fico sempre em dúvidas.
O Dove realmente abusa no preço, e dissolve muito rápido devido a ser cremoso em demasia.
Observo algumas estrelas em publicidades e dependendo do produto, acredito piamente que não apreciam a marca!
A não ser que façam parte de alguma alínea contractual.
;)



De Jorge Fiel a 5 de Fevereiro de 2009 às 08:14
Preclara Tibetana

Experimente o Patti da Ach Brito.

A bem da Nação!
De Nívea samovar a 3 de Fevereiro de 2009 às 22:39
:-)

Então e quanto custa o quilo do Nívea? É que depois de ler aqui o rol de interesses a que te dedicas, já nem tenho pejo em perguntar-te a ti uma coisa destas em vez de ir confirmar ao supermercado! É que eu só compro "savon de marseille"...

P.S. (fiquei com saudades do volkswagen do Chico... o que tu me foste agora lembrar... :-)

P.S.2 (a última memória que tenho de te ver ao vivo foi precisamente a subir a escadaria da igreja do Bonfim...)



De Jorge Fiel a 5 de Fevereiro de 2009 às 08:18
Preclara Nívea

Aprecei ontem, ao fim do dia, no Pingo Doce do Riviera, em Carcavelos, o quilo do Nívea creme soft a 4,72 euros. Bastante competitivo, portanto.

O "savon de Marseille" tem um cheiro forte?

Na verdade, o último funeral a que eu fui foi esse, o do Sardo. Não gosto de funerais. O próximo a que tenciono ir é o meu - pois se faltasse ele não se realizaria, por falta de comparência do morto.

uma beijoca

A bem da Nação!

De Peça, com i a 4 de Fevereiro de 2009 às 10:08
Já comprei bons sabonetes no Magno.
Já lá fui muito feliz.
Grato pela lembrança.
Bem haja.
De Jorge Fiel a 5 de Fevereiro de 2009 às 08:19
Preclaro Peça, com i

Compro regularmente sabonetes Magno no El Corte Ingles ou nos supermercados da cadeia galega Froiz. Aprecio a cor e o formato.

A bem da Nação!
De amigos do concelho de aviz a 4 de Fevereiro de 2009 às 11:57
Peço desculpa por vir ocupar um espaço que é seu, com um assunto que não tem nada a ver com o teor do “post”, mas garanto que é por uma boa causa: a DEFESA DA CULTURA POPULAR. Permita-me que aqui publicite os VII JOGOS FLORAIS DE AVIS, cujo regulamento se encontra disponível em www.aca.com.sapo.pt e cujas dúvidas podem ser esclarecidas pelo 969015106.
Grato pela amabilidade, queira receber saudações culturais do
Fernando Máximo/Avis

De Jorge Fiel a 5 de Fevereiro de 2009 às 08:21
Preclaro Fernando Máximo

Mi casa es tu casa. Todos os amigos do concelho de Aviz são bem-vindos à Lavandaria.

Não juro que participe nos VII Jogos Florais mas vou dar uma espreitadela ao regulamento... nunca se sabe...

A bem da Nação!

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...
Carissimo, em Espanha o pez espada é o que nós cha...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Ligações

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds