Terça-feira, 21 de Outubro de 2008

O problema não é encontrar a estação ferroviária, mas sim desembrulharmo-nos no seu interior

A Dworzec Warszawa Centralna vista do 30º andar do palácio da Cultura

Chegados a esta altura, a vomitar Polónia por todos os lados, os distintos sobreviventes desta lavandaria interrogam-se muito legitimamente sobre qual a relação entre a Ana M., uma adolescente bem apessoada da zona oriental do Porto,  e a estação central de caminhos de ferro de Varsóvia.

E eu respondo: Por favor, tenham calma. Há uma relação. Não óbvia, nem directa, mas há uma relação. Peço-vos para sossegarem um pouco.

Para começar, a Dworzec Warszawa Centralna (1) estava a ser construída a todo o vapor  (as obras iniciaram-se em 1971), com o objectivo de estar pronta para ser inaugurada em 1975, pelo camarada Brejnev, enquanto eu  investia algumas tardes num apartamento, junto ao antigo Estádio do Lima, na tarefa de convencer a Ana M. a queimar etapas no processo que nos poderia ter conduzido a um total e aprofundado conhecimento (no sentido bíblico) dos nossos corpos.

Para continuar, é muito fácil ao turista, mesmo que desprovido de qualquer sentido de orientação, dar com a estação. Ela fica junto ao omnipresente Palácio da Cultura e Ciência e no nó do sistema de transportes públicos de Varsóvia – é lá que bate o coração da única linha de metro e quase todas as linhas importantes de autocarro e eléctrico vão lá amarrar.

Da mesma maneira que não foi difícil eu ir até à cama com a Ana M. – os obstáculos só surgiram quando eu queria ir para a cama com ela – no caso da estação ferroviária central o problema não é dar com ela, mas sim desembrulhar-nos no seu interior .

Ao invés da Ana M. que era elegante e bem parecida (apesar de complicada de cabeça, como acho que já deu para perceber)  a estação central de Varsóvia é um matacão (2), que só visto ao longe e de cima disfarça - consumiu 12.500  toneladas de aço, 8.000 metros quadrados de vidro e 53 mil metros cúbicos de betão - e não é nada amiga do utilizador .

Tome nota de um bom conselho. Se for apanhar um comboio em Varsóvia e não está familiarizado com os labirínticos e tumultuosos corredores da estação, o melhor que tem a fazer é ser prudente  - cautelas e caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém - e reservar uma boa meia hora de almofada para levar a bom porto a descoberta do caminho pedestre para a plataforma (peron) de onde vai partir o seu comboio.

As parecenças entre as minhas relações com a Ana M. e a Dworzec Warszawa Centralna começam a dissipar-se à medida que se aproxima o desfecho destas histórias.

No caso da Ana M., perdi a paciência e desisti antes de lograr entrar a bordo. No caso da estação ferroviária de Varsóvia consegui embarcar no comboio das 17h05 para Cracóvia.

 O estado da construção da estação ferroviária de Varsóvia no ano lectivo em que eu tentei sem sucesso saltar para a espinha da Ana M..

(continua)

…………………..

(1)  O curioso nome que os polacos dão à estação central de caminhos de ferro de Varsóvia,  que apesar de ter o local de implantação escolhido em 1946, logo no final da guerra, apenas começou a ser construida em 1971

 

(2) ) O facto de ter recebido um prémio polaco de arquitectura diz muito acerca da estética comunista nos anos 70

 

música: Week end, Earth Wind & Fire
Tags:
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito
6 comentários:
De Tibetana a 21 de Outubro de 2008 às 18:33
Preclaro JF, sinto muito em escrever que , apesar dos pesares, salve a Ana M.!
Pois é muito mais difícil desembrulharmo-nos(palavras tuas) de uma adolescente azeiteira em aulas de anatomia, do que seguirmos em frente com o nosso lindo passeio turístico!
Utilizo uma frase de algum capítulo anterior "estavam verdes"ambos!

a bem da nação!
:)
De Jorge Fiel a 4 de Novembro de 2008 às 16:50
Preclara Tibetana

A Ana M. não era azeiteira - apenas queque.

A bem da Nação!
De fersal a 21 de Outubro de 2008 às 22:51
Polónia? Não conheço.

Da que eu gosto, memo,

memo, memo, memo,

é de KIEV !!!
De Jorge Fiel a 4 de Novembro de 2008 às 16:52
Preclaro Fersal

Ora seja bem reaparecido. Pena o motivo ser o de sempre - a bola.

Em certo sentido, ainda bem que o FC Porto deixou de dar alegrias apenas aos portistas - mas também aos lagartos como o meu preclaro amigo.

A bem da Nação!
De Compadre a 21 de Outubro de 2008 às 23:43
Porra, porra... atão foram-vos novamenti à pêda???
Porra por esti andari já devem ter a pêda em brasa.
Tava pra cagari mas já nem isso merecem.
Pensando melhori... aprovêto e cagoo pra vocemessêiiis
Nã tomem o gosto de estar sempre a levarii na pêda... podi tornarssii um viícioo.
Olhãã, tou cagandoo para essa viagem interminável.
Ganda jonalêroo, sim senhor!
De Jorge Fiel a 4 de Novembro de 2008 às 16:54
Preclaro Compadre

Já experimentou banana (comê-la, com a boca, não introduzindo-a noutros orifciios)?

Dizem que ajuda muito a prender o intestino...

A bem da Nação!

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Há uma boa forma de distinguir um do outro; é ir à...
Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds