Segunda-feira, 28 de Julho de 2008

E quando as mulheres estão a jogar à Benfica (ou seja, mal)?

A Portia é a da direita, a Ellen a da esquerda

 

O que é mais chato? A barba ou a menstruação? Trata-se de uma questão simples mas clássica, que divide a humanidade desde os remotos tempos de Adão e Eva - e para divisões entre os géneros já bastam as casas de banho.

Bem, no escritório de advogados da Allly McBeal a casa de banho era unissexo mas normalmente dava mau resultado, o que se compreende.

Para começar não comemos sabonetes, pelo que o aroma das nossas necessidades fisiológicas de carácter sólido raramente é recomendável, ficando a um abismo de distância de fragâncias metálicas que agradam à pituitária feminina, como o Odeur 53 da Comme des Garçons.

Depois, digam-me só como é que um tipo pode estar descontraído, sentado no trono, a largar-se ruidosamente, se, depois de limpar o rabo a e accionar o autoclismo, sai da casinha e corre o risco de deparar com a boazana da Portia di Rossi (mama pequenina, mas uma graça e muito mal empregue na cama da Ellen de Generes) a franzir o nariz com um ar enjoado e a deitar-nos um olhar enojado enquanto retoca o bâton em frente ao espelho?

Fechado este parênteses da casa de banho, devo confessar-vos que fiz algum trabalho de campo preparatório deste post. Quando perguntei à minha colega G. “Barba ou menstruação?” a resposta que obtive na volta do correio foi crua, mas creio que definitiva: “Se passasses uma semana por mês a sangrar do cu não andavas para aí a fazer essas perguntinhas idiotas”.

Já sofri crises de hemorroidal, mas nada que se assemelhe à gravidade, duração e regularidade da feliz imagem desencantada pela G. para responder à minha questão.

Concordo com ela. Estou firmemente convencido que Deus Nosso Senhor foi excessivamente rigoroso ao fazer as mulheres pagarem em sangue – se bem que em suaves prestações mensais -  o pecado de trincar a maçã cometido pela sua antepassada Eva.

Claro que há atenuantes. A barba desponta na cara dos rapazes mais ou menos na mesma altura que a menstrua faz a sua primeira aparição no pipi das raparigas. Mas a barba cresce até um tipo se finar, enquanto a menstruação acaba algures entre os 45 e 55 anos.

No entanto, o fim da menstruação, ou seja a transição para o estado de amenorreia completa, não tende a ser encarado muito favoravelmente pelas mulheres, que por esta altura da vida passam a ser ainda mais imprevisíveis do que é costume.

E um homem tem a liberdade de optar por deixar crescer a barba -  ao estilo do Karadzic, do Osama bin Laden e do Pinto da Costa da Morgue - , ou desfazê-la a apenas quando lhe dá na veneta, desculpando-se com a moda da barba de três dias a que o mais famoso dos setubalenses deu um novo alento.

Mais. Aos inconvenientes decorrentes da menstruação há que somar as chatices da TPM (tensão pré-menstrual) período durante o qual, por norma,  as mulheres infernizam a vida de quem esteja no seu “hinterland”.

Comparado com as chatices da menstruação, fazer a barba é como dar uma passeiozinho pela sombra depois de nos termos empazinado com tripas à moda do Porto no almoço dominical. “Piece of cake”, como diriam os ingleses.

Por falar em ingleses, adoro a frase que as francesas usam  (“être avec les anglais”) para significarem que estão no período, uma expressão com mais elegância e densidade histórica que o nosso "estar a jogar à Benfica", ou seja, mal. 

 

 

Na foto de cima não se lhe via bem a carinha laroca

música: Carta, Toranja
publicado por Jorge Fiel às 13:57
link do post | comentar | favorito
26 comentários:
De Tibetana a 28 de Julho de 2008 às 21:26
Preclaro JF, como vai o verão?
Acredito que esta ideia da G. poderá ser "remodelada", em bons médicos, com a indicação farmaceutica de anticoncepcionais "todo o tempo", evitando maiores desgastes via TPM. Sempre é bom saber, claro.
Afinal, "" – se bem que em suaves prestações mensais""", existem soluções e a barba para quem "aceita" , que tal uma depilação?!!!!!Há quem use e abuse!!!
Boa sorte(sic!)
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 19:55
Preclara Tibetana

O Verão decorre - com algum vento e muita preguiça.

Espero que não me leve a mal mas a sua ideia de depilação não me entusiasma.

A Bem da Nação!
De Irmã do Desagravo de Nossa Senhora a 29 de Julho de 2008 às 18:18
Caríssimo Irmão Jorge:
Como o Caríssimo Irmão Jorge é cuidadoso na linguagem que utiliza para nos transmitir o seu pensamento! E como tanto o admiro por isso, e não só, claro.
Diz o Jorge (esqueçamos o Caríssimo Irmão, já que irmãos somos todos nós em Nosso Senhor Jesus Cristo!) "o aroma das nossas necessidades fisiológicas de carácter sólido", o vulgar português diria "cagalhão" , "merda", mas o Jorge diz o mesmo de um modo tão suave, que até dá vontade de chorar e elevar as nossas preces a Deus Nosso Senhor por tão fina gentileza.
E a referência à pituitária feminina é do mais fino recorte literário. É, que, diz-me o meu Ginecologista, que na mulher é fundamentalmente a pituitária que condiciona o epitélio vaginal (e as respectivas glândulas) para a produção do lubrificante natural que permite a penetração nas melhores condições fisiológicas para o gozo terreno das alegrias que Deus Nosso Senhor, para sua glória, concede aos homens e mulheres por Ele criados à sua imagem e semelhança.
Disse acima que o Jorge é cuidadoso com a sua linguagem. E é bem verdade! Mas, como triste me sinto por ter escrito: "muito mal empregue". Eu sei que é um erro frequente, mas eu si deixa-me mesmo muito triste! Valham-nos Nossa Senhora, Santo Agostinho e São Bento (que são Doutores da Igreja, tão grande sabedoria tinham!). Então, o Jorge não sabe que não se diz "empregue" mas sim "empregado"? Olhe que isso fica mal em quem leva a vida escrevendo. Foi, com certeza, distração sua, que a isso também tem direito!
Depois, que cite o Karadzic, o Obama e o Pinto, não lhe levo a mal, mas que não cite as Santas barbas de Nosso Senhor Jesus Cristo, de S. Pedro, de
S. Bartolomeu (ou, pelo menos do Santo Condestável) ou de tantos outros que deram o exemplo e a vida para o nosso bem-estar, olhe, acho que é imperdoável! (Isto é uma maneira de falar, porque eu perdoo tudo o que o Jorge disser - gosto tanto de si!).
Outra coisa que me foi deixando muito triste e pensativa( até parece que o Jorge não conhece as mulheres) foi falar do nosso "hinterland". O que é isso? Será que quis dizer "interland" que é qualquer coisa como o nosso "Portugal profundo"?!
Quem está no nosso "profundo" (e quanto mais profundamente estiver, melhor estará, com certeza, para nós e para ele) só será infernizado se depressa de lá quiser sair. É que todos temos o nosso tempo e o nosso (pelo menos, o meu) quanto maior, melhor.
Triste, muito triste também fiquei por falar do Benfica.
Qual Benfica, qual carapuça?? As portuguesas puras e devotas falam em "jogar com o Ás de Copas" ou "estar com a Tia Maria" ou até "estar com a Santa Maria". As fracas mulheres que o Irmão Jorge conhece é que dizem essas barbaridades. Valha-nos Deus, Irmão Jorge aproxime-se de mulheres mais devotas, e mudará a sua forma de pensar!!
Também fiquei muito triste que mostrasse essas duas pecadoras a beijar-se. É pecado, sim senhor! Quando há tantos Senhores Padres e até Seminaristas e Irmãos Confessos que são muito melhores!
Mas, gostei tanto, tanto, tanto, ao ler que o Irmão Jorge diz que está convencido que Deus Nosso Senhor foi excessivamente rigoroso ao fazer as mulheres pagarem com sangue o pecado. Assim, fico convencida que o Irmão Jorge se aproxima de Deus Nosso Senhor e vai reconhecendo a sua infinita e insondável vontade.
Venha, Irmão Jorge, nós, Os Puros de Coração, esperamos por si!! Aleluia! Aleluia!
Que a Luz de Nosso Senhor continue a iluminá-lo. Continuarei a rezar por si a Nossa Senhora do Carmo e continuarei a corresponder-me consigo (quero salvá-lo, se for essa a vontade do Senhor) se a Minha Amada Irmã Superiora e o meu Santo Confessor, Senhor Padre Inácio, mo continuarem a permitir.

P.S. - Tanto rejubilei pela sua confirmação que frequentou a Catequese e por isso tanto agradeci à Senhora do Carmo, por o saber com tão bons princípios, que até chorei, Caríssimo Irmão Jorge.
Por favor, não duvide que a Nossa Senhora do Carmo o possa ajudar a deslindar os caminhos da vida. Ela o ajudará, que o Irmão Jorge bem merece!
Agora, que o Irmão Jorge (que, até, me parece tão boa pessoa) seja uma foda encravada, isso não percebo, explique-me, sim!
De Bravo a 2 de Agosto de 2008 às 12:36
Bravo, irmã!!!
De Irmã do Desagravo de Nossa Senhora a 5 de Agosto de 2008 às 17:58
Ai! Caríssimo Irmão Bravo!
Como rejubilei com o seu apoio à minha cruzada para cristianizar o nosso queridíssimo Irmão Jorge e este Blog, que tão afastados da verdade do Senhor me vão parecendo.
Até rezei um rosário em Acção de Graças a nossa Senhora do Carmo!
Deus Nosso Senhor aplaque a sua Divina Ira sobre os seus pecados, Caríssimo Irmão Bravo, pela sua bravura e coragem ao me dar força desta maneira tão humana, tão cordial e, acima de tudo, tão desinteressadamente cristã!!!
Continuarei a rogar a Nossa Senhora pela sua salvação!
Bem-haja, Irmão Bravo. Os Santos e os Anjos lhe vão mostrando o caminho do Céu!!!
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 20:08
Preclara Irmã

Agredeço penhorado as suas orações, se bem que duvide da sua eficácia. Vale a intenção!

A bem da Nação!
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 20:06
Preclaro Bravo

Bravo! , meu preclaro amigo!

A bem da Nação!
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 19:58
Preclaar Irmã

Um milhão de desculpas pelos erros que dou e que a minah preclra amiga tão bem emenda, Ainda estou para perecber como consegui arnanjar emprego nos jornais a dar tantos e tõa graves pontapés no português e na gramática.

A Bem da Nação!
De Clarinha a 29 de Julho de 2008 às 18:45
Dr. Jorge Fiel
Como lamento que esteja tão mal informado sobre "a chica" (alternativa não futebulistica para designar a menstruação). Pergunte a mais G.'s e vai ver.
Já nenhuma fêmea consciente se verga à natureza. Nunca ouviu falar no século da pílula? Parirás com dor? Ah! ah! ah! Temos a epidural ou a cesariana, que dantes era para a mulher de César, mas agora é para todas. Vais sangrar uma vez por mês? Oh! oh! oh! A interrupção da menstruação já pode ser feita com pílulas de baixa dosagem que a mulher toma continuamente. Nos Estados Unidos e na Europa já há pílulas que a mulher toma e sangra uma vez em cada três meses. Outra alternativa são os anéis vaginais, que se podem colocar semanalmente e que se vão substituindo. Assim, a mulher sangra quando quiser. Postas as coisas nestes termos devo dizer que também lembro com saudade o tempo em que as meninas não podiam fazer ginástica, tomar banho e comer coisas picantes quando estavam "com a chica". Melhor ainda havia dois dias de artigo 4º por mês (para justificar faltas na função pública) que tinham como origem as abençoadas mênstruas. Além disso convenhamos que a TPM é uma excelente justificação para chatiar toda a gente sem que se descubra que é feitio. Já a barba meus pobres amigos, nunca teve qualquer protagonismo histórico ou social. É um adereço. Além de servir para esconder problemas de pele, lábios lepros ou outras dificuldades masculinas, só serve (e apenas nalguns casos) para aperfeiçoar o minete. O que tem muito valor evidentemente.
Se realmente este post conduz um breve inquérito não quero deixar de votar na"chica". Se alguma vez me virar para o minete posso sempre comprar uma barba postiça.
De Observador a 17 de Agosto de 2008 às 14:35
O homem não sabe distinguir; é para marchar, marca!
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 20:03
Preclaro Observador

Contra os canhões, marchar, marchar!

(Na versão original era contra os bretões, mas o apelo a marchar continua actual, como o meu amigo tão bem diz)

A bem da Nação!
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 20:00
Preclaar Clariha

Estou mesmo gagá. Como me fui esquecer desse belissimo vocábulo para designar a menstrua: a Cihica (não leve a mal que use a maiúscula)

A Bem da Nação!
De clarinha outra vez a 31 de Julho de 2008 às 14:16
My beautiful Laundrette
You ground-breaking blog
In your bold quest of mankind
Some believe you are the product
Of a vile and preverted mind.
I just wish you were faster
And kept this thing
Running on time.

Mesmo em férias!
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 20:01
Preclara Clarinha outra vez

Tem toda a razão. Vou tentar ser mais regular :-) na emissão de posts.

A bem da Nação!
De Maria a 7 de Agosto de 2008 às 15:48
Quantas mais melhor. Menos na concorrência :))
Afinal, com a quantidade de homens que tb jogam mal e outros mortinhos por mal jogar, sobra uma misera percentagem de disponiveis e dentro dos padrões minimos de utilidade.

Abraços dourados
De BOA AMIGA a 7 de Agosto de 2008 às 17:58
NÃO NEGUE À PARTIDA UMA CIENCIA QUE DESCONHECE. PERGUNTE À IRMÃ DO DESAGRAVO COMO É QUE ELA SE SAFA.
De Irmã do Desagravo de Nossa Senhora a 8 de Agosto de 2008 às 22:01
Caríssimas Irmãs Maria e Boa Amiga:
Abro-vos o meu coração para vos explicar "como é que me safo".
As alegrias e os júbilos só nos chegam através do Santo Espírito do Senhor. Como sabereis o Senhor está nos Céus, mas o seu Espírito paira sobre a terra e o mar e a sua vontade é soberana sobre todas as coisas.A sua Sagrada Pessoa não é terrena, mas Celestial. Por isso, tem de ter na Terra os seus representantes, para poder aproximar os mortais pecadores, que somos todos nós, da sua Suprema Vontade. Ora, esses seus representantes são os Senhores Padres ( e outros Dignatários, claro). São eles que a mim ( e a outras santas irmãs, claro) nos vão, por vezes com dificuldades, dando a satisfação da "safa" de que fala a Caríssima Irmã Boa Amiga.
Quando o Senhor Padre Inácio (que já disse é o meu Santo Padre Confessor) não pode ou não consegue satisfazer todas as minhas necessidades pastorais e eclesiais arranja sempre um outro Santo Senhor Padre que o possa fazer, ou então um dedicado Senhor Diácono que o faça. (Eu por mim até não me importo nada que seja um Diácono. É que, apesar de ainda não ser um verdadeiro Senhor Padre, é pelo menos um rapaz novo e os seus consolos e as suas reprimendas são muito mais duras e duradoiras que as dos mais velhos.)
Quanto aos lamentos da Irmã Maria, devo dizer que tos os Senhores Padres e Diáconos que frequentam a nossa casa mostram vontade de jogar. Claro que uns jogam melhor que outros, mas nós, as irmãs, com verdadeiro espírito cristão, a todos deixamos jogar. A todos entregamos campo e bola para que possam jogar e gozar e marcar os golos que tiverem na vontade.
Ficai com o Espírito do Senhor que eu rezarei à Senhora do Carmo por vós!!
De Clarinha a 11 de Agosto de 2008 às 11:35
Vai-me desculpar santa irmã, mas cá pra mim você é um gajo!
De Irmã do Desagravo de Nossa Senhora a 11 de Agosto de 2008 às 18:10
Caríssima Irmã Clarinha:
Como o seu despretensioso comentário me deixou tão perturbada!!
Primeiro, por me chamar santa. Não, não sou. Só de pensar nisso, fico a julgar que estaria a cair no terrível pecado do Insensato Orgulho, na Negra Vaidade , que como sabe é um dos pecados mortais. Que Deus, Nosso Senhor e a Nossa Senhora do Carmo façam, com a sua bondade infinita, afastar de mim esse pensamento!!
Segundo porque, julgo eu, quando a Irmã Clarinha diz que eu sou um "gajo" quererá dizer que eu sou um rapaz, um homem!
Só de pensar que alguém, por aquilo que eu escrevi pode pensar tal coisa, dei em mim a pensar :"Onde é que falhei, para ter induzido em erro uma pessoa tão bem intencionada?"
Tão perturbada fiquei que logo recitei a Ladainha de Todos os Santos e rezei um Rosário Expiatório a Nossa Senhora do Carmo a pedir perdão por um pecado que eu própria desconheço como nele fui cair.
Lembro-me que uma vez, num momento de maior intimidade, me disse o Senhor Padre Inácio (como sabe é o meu Santo Confessor): "Irmã, façamos uma brincadeira para variar. Faça de conta que é um rapaz e eu sou uma rapariga." Assim fiz. Mas, julgo que tão desajeitadamente o fiz que o Senhor Padre gritou um "Aiiii!!" tão alto, que até fiquei com a impressão que teria sido de dor e não de gozo como era a minha intenção. Nunca mais mo pediu e eu muito rejubilei com isso, pois apesar de ser em modo de brincadeira, julgo que cada um deve ser e comportar-se como Deus Nosso Senhor quis que viesse ao mundo. Homem deve comportar-se como homem e mulher deve comportar-se como mulher.
Homem que quer tornar-se mulher quando está com outro homem ou mulher que quer tornar-se homem quando está com outra mulher, caem em pecado mortal e como tal receberão a ira do do Senhor.
Ouve-se, por vezes, falar de homens e mulheres que fazem operações cirúrgicas para cortar coisas com que nasceram e castrar-se ou abrir bainhas ou gretas ou esticar coisas ou até pôr matérias artificiais debaixo da pele para parecer que são de sexo diferente daquele que quis Deus Nosso Senhor que viessem ao mundo. Tudo isso são pecados horríveis e aqueles que os cometem (e claro, os médicos que os operam, também) nunca chegarão às delícias eternas no Reino dos Céus, pois irão inexoravelmente cair nas profundas trevas do Inferno.
Rezarei por si Caríssima Irmã Clarinha, para que a Palavra do Senhor aqueça o seu coração que tão carinhoso me parece!!
De Papa(O verdadeiro, não o outro da mafia) a 15 de Agosto de 2008 às 23:16
Caríssima irmã,

Tenho lido com muita atenção todos os seus textos e rejubilo de tanta santidade que se acumulou em si. Felizmente os ensinamentos do padre Inácio têm surtido efeito... e bons efeitos.

A sua última resposta à Clarinha despertou em mim muita curiosidade; não tenho pensado noutra coisa...

Pensei, por isso, escrever à sua superiora a pedir-lhe para me enviar a irmã para uma reunião privada a fim de dissertarmos sobre esse tema que tanta curiosidade me provocou... "homem a fazer de mulher e mulher a fazer de homem"... um tema deveras interessante.

Porque nos tempos livres não poderemos deixar de manter as nossas responsabilidades, talvez a irmã durante a sua estadia pudesse ocupar-se em manter todas as tochas acesas. Que me diz?
De Irmã do Desagravo de Nossa Senhora a 16 de Agosto de 2008 às 15:55
Caríssimo Irmão que se quer fazer passar por Sua Santidade o Papa:
Diz o povo que mais depressa se apanha um mentiroso que um coxo. E eu apanhei-o, caríssimo Irmão! Quer saber como? O Irmão não pode ser Sua Santidade o Papa porque Sua Santidade nunca escreveria à minha Maternal Superiora a pedir fosse o que fosse, Sua Santidade ordenaria, pois para isso, para ser Chefe Supremo da Santa Madre Igreja foi escolhido por Nosso Senhor!
Tão triste me senti por ter desencadeado tais sentimentos num Irmão meu em Nosso Senhor Jesus Cristo que logo recitei mais um Rosário Expiatório a Nossa Senhora do Carmo por mais um pecado que inocentemente cometi!
Sabe, meu Irmão, que pretender passar por quem não somos é um pecado tão grave como um homem quer ser mulher quando está com outro homem ou uma mulher querer ser homem quando está com outra mulher.
Por isso, suponho que o meu caríssimo Irmão viva em pecado! E assim como o médico é preciso para o doente e não para o são e o sal é preciso para a comida ensossa e não para a já salgada, assim me parece que o Irmão precisa mesmo muito de uma Irmã que o encaminhe para o Bem e para o Senhor.
Não me importarei de ser eu a ir consigo alcançar os gozos terrenos e também os gozos celestiais se para isso conseguirmos as permissões do Senhor Padre Inácio e da Minha Maternal Superiora. Até porque fiquei deveras curiosa em conhecer a sua tocha que, tão carinhosamente, me pede para manter acesa. Queira Deus, Nosso Senhor que seja tão grossa, tão comprida e tão dura como a que o Senhor Padre Inácio acende de cada vez que me ouve em confissão. Espero, Caríssimo Irmão que não me desiluda, pois por menos do que isso não valerá a pena a deslocação!
Até lá irei rezando à Nossa Senhora do Carmo pela sua salvação, Caríssimo Irmão.
De Papa (O verdadeira, não o outro da máfia a 17 de Agosto de 2008 às 15:09
Minha querida irmã.

Desejo que se mantenha, como sempre, na paz do senhor e na companhia do seu abençoado Padre Inácio que tanto a ajuda nos momentos de maior aflição.

Pois em verdade, em verdade lhe digo que tão grande curiosidade sobre os seus atributos da maior religiosidade despertaram em mim sentimentos... muito curiosos que me levaram a cometer o pecado da usurpação do nome do irmão Papa. Como deve calcular, o nome "Papa" piorou um pouco as coisas...

Tenho observado a tocha com muito cuidado e, não tendo parâmetro de comparação - pois infelizmente não tenho o prazer de conhecer o seu orientador espiritual, que presumo seja um verdadeiro santos pois tem libertado a irmã de muitas aflições - não consigo perceber se a sua vinda será para si uma mais valia.

Porém, tenho sempre presente a sábia frase da Irmã do Espírito Santo que, como sabe, consegue passar em todas as portas e que na sua ingenuidade está sempre a afirmar: "irmão, não se preocupe, tochas são tochas e quantas mais melhor!"

É pois com muita fé nesta frase que ansiosamente espero que a sua superiora a liberte de tantos afazeres, que o padre Inácio faça uma visita à Irmã do Espírito Santo para que assim possa dispensar a minha querida irmã de todos os Desagravos e dos cursos contínuos de cristandade e que, finalmente, a autorize a visitar a minha cela com o objectivo de promovermos a tal reunião para a qual será necessário, como sabe, que eu mantenha a tocha acesa,.. para o que conto com a sua bondade e muita sabedoria adquerida durante a remissão dos pecados com o Padre Inácio.

Espero vê-la brevemente.

Até já rezei metade do terço...

Desejo-lhe a paz do Senhor.

De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 20:04
Preclara Maria

Dourados porquê?

A Bem da Nação!
De Sindicato a 15 de Agosto de 2008 às 23:21
Este jornaleiro é mesmo muito fraquinho. Mas será isto trabalho de um jornalista??? Duvido!

Como é possível que ainda por cima lhe paguem?
De Jorge Fiel a 19 de Agosto de 2008 às 20:05
Preclaro Sindicato

Tem toda a razão. Fraquinho é favor. Uma merda, é o que é! O Mundo está perdido!

A Bem da Naçãoi
De MeninaDoLeme a 29 de Agosto de 2008 às 19:03
Carinha laroca tinha ela quando dava na série Ally McBeal... Agora não passa de uma carita menos laroca mais esticada (só plásticas...) Torna-se triste ver o antes e depois...

Vá, foi só o meu comentário.

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...
Carissimo, em Espanha o pez espada é o que nós cha...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Ligações

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds