Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

Prendas à borla no West End

 

Era tanta a gente nas ruas do West End, em particular nas célebres Oxford e Regent Street, que até dava uma ideia do 1º de Maio de 1974. Compreende-se. Era sábado à tarde, faltavam 19 dias para o Natal, chovia pouco e apenas de uma forma intermitente – e não cães e gatos que é uma das piores maneiras das nuvens manifestarem o seu desagradado com a humanidade que se arrasta anda cá por baixo, à superfície da Terra.

Como agravante davam prendas. Nós andamos a tarde às compras mas efectivamente não compramos nada, apenas recebemos, o que é bom e muito adequado à crise. A American Express foi quem mais brilhou. Instalou a meio de Oxford Street um contentor com muito bom aspecto onde embrulhavam gratuitamente (e com alguma classe) as prendas. Bastava fazer fila. E ainda por cima contrataram dezenas de pessoas para distribuir pelas ruas uns sacos pretos, com o logo American Express estampado à azul, que eram muito jeitosos. Abarbatei-me logo a uma meia dúzia deles.

E para promover o lançamento, na segunda feira seguinte (dia 7), do Harry Potter end the Half-Blood Prince a Warner Brothers oferecvia uma carteirinhas de plástico, ilustradas com as inmagns do jovem feiticeiro, do professor Dumbledore e da Hermione, que dão muito jeito e eu uso para acondicionar os bilhetes pré-comprados para o Metro de Lisboa e o comboio da Linha de Cascais.

Também havia música à borla. Uma das lojas pôs na montra uma americana, que tudo leva a crer ser bastante conhecida (foi recebida com muitos aplausos da rua quando foi anunciada), que cantava um repertório na linha Sheryl Crowe/Mariah Carey.

West End, tarde de sábado, 5 de Dezembro 2009 

música: A ilha, Fausto
Tags:
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito
2 comentários:
De Abobrinha a 5 de Fevereiro de 2010 às 15:37
... é curioso que tenha mencionado isso porque um desses saquinhos da American Express dava-me imenso jeito... ...
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2010 às 19:21
..tu nadas ganhas e mai nada.

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Há uma boa forma de distinguir um do outro; é ir à...
Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Ligações

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds