Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

Odeio quartos de hotel sobreaquecidos em que temos de passar noites ao estilo duche escocês

 

 

O Hotel Cumberland, em Marble Arch, é muito conhecido dos portugueses porque, durante anos a fio, a Agência Abreu encaminhou gente para lá nos pacotes de visitas a Londres que vendia como pãezinhos frescos.

A localização geo-estratégica, na articulação entre Bayswater/Hyde Park com a Oxford Street é uma das grandes vantagens comparativas do Cumberland, que dista  escassas centenas de metros do Selfridges e dos outros míticos armazéns que fizeram do West End uma Meca das mulheres que adoram andar às compras (ou seja, 99,89% delas).

Acresce que se trata de um hotel que veste bem, com a sua enorme fachada clássica, e impressiona com a faustosa e ampla sobriedade do hall de entrada, características que infelizmente não se repetem nos quartos  - ou pelo menos não se repetia, pois já há bastantes anos que não fico lá e o Cumberland pode ter sido, no entretanto, beneficiado com obras de modernização.

O Cumberland tem uma ampla oferta de quartos, só que estes não só não são amplos (o que não me incomoda muito) como ainda por cima padecem de um mal muito comum a grandes hotéis antigos: estão sempre sobreaquecidos.

Estou disposto a conceder que nós, em Portugal, rapamos muito frio no Inverno porque temos a mania que o nosso clima é muito bom (o que até nem é mentira) e por isso as nossas casas não estão preparadas para aqueles dias que em que o termómetro de aproxima do zero. Por isso, talvez sejamos um pouco mais calorentos do que os bifes e outros povos do Norte, habituados a protegerem-se convenientemente dos rigores invernais.

Mas apesar disso acho que, por norma, no Inverno os quartos de hotel por essa Europa fora estão desagradavelmente sobreaquecidos. Tudo se resolve se o quarto estiver ocupado com um termóstato e for possível baixar a temperatura dos insuportáveis 25º para uns aceitáveis 19º.

O problema é quando isso não é possível e a temperatura é controlada centralmente e imposta ditatorialmente a todos os quartos. Passei, por isso, muito más noites no Cumberland. Com o quarto sobreaquecido não só me custava a adormecer como acordava a suar, um par de horas depois. Para remediar a situação, abria a janela e lá conseguia voltar aos domínios de Morfeu. Só que, um ou duas horas volvidas, estava de volta ao mundo dos vivos, desta vez cheio de frio. Fechava a janela e o carrossel recomeçava. Uma merda de noite estilo duche escocês – de que, devo dizer, o Cumberland não tinha exclusivo, pois é um defeito que afecta muitos hotéis antigos.

West End, da tarde de 5 Dezembro 2009

música: Behind that locked door, George Harrison
Tags:
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Abobrinha a 2 de Fevereiro de 2010 às 20:00
Bem apanhado: os bifes, além de terem a mania de sobreaquecer as casas, ainda por cima não investem em isolamento térmico. Ou seja, é o desperdício de energia total! Fala-se em efeito de estufa e anda aquela gente a queimar energia de maneira tão pouco eficiente! Gente burra, é o que é!
De Isolamento Termico a 3 de Março de 2010 às 13:47
Não fazia ideia que nos quartos não tivessem regulador de temperatura, nao tem lógica, pois assim desperdiçam imensa engergia e nao satisfazem os clientes!!
De Jorge Fiel a 13 de Março de 2010 às 20:02
Preclaro Isolamento Térmico

Está tão carregadinho de razão, meu preclaro amigo, que se não se põe a pau até se arrisca a apanhar uma hérnia.

A bem da Nação!
De Duche Escocês a 22 de Abril de 2010 às 16:57
Lol bem visto! uma noite ao estilo do duche Escocês!

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Há uma boa forma de distinguir um do outro; é ir à...
Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds