Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

De como a Queensway demonstra a tese de que Londres é a cidade mais cosmopolita do mundo

Visto e revisto o mercado de Portobello, apanhámos o autocarro e fomos até Queensway, que, com toda a certeza, está ainda mais diferente do que o dia da noite do tempo em que ganhou direito ao nome por ser um dos locais preferidos de passeio da rainha.

Se por daqueles acasos funestos em que a vida é fértil, a Vitória, esse velho estafermo, ressuscitasse, dava-lhe logo uma travadinha e ia outra vez desta para melhor ao ver no que se transformou Queensway, uma rua que serve de demonstração da tese de que Londres é, provavelmente a cidade mais cosmopolita do Mundo – e desde já advirto que o uso do advérbio de modo é tão só um exercício de prudência (normal num gajo que já dobrou o cabo dos 50) aliado a uma tentativa de piscadela de olhos de cumplicidade e citação da frase do mais célebre e bem conseguido anúncio da Carlsberg.

Queensway, com as suas lojas e restaurantes de árabes, marroquinos, gregos, chineses, indianos, paquistaneses and so on é o melting pot propriamente dito.

Não é impossível que neste preciso momento tenham a seguinte interrogação a agitar as vossas gentis e preciosas cabecinhas.: “Este tipo está aqui a dizer que Londres é, provavelmente,  a cidade mais cosmopolita do Mundo. E Nova Iorque? Será que ele se esqueceu de Nova Iorque?”.

Ao que eu respondo: Não, não me esqueci de Nova Iorque. Só que em Nova Iorque vigora um cosmopolitismo em regime de apartheid.

Os chineses estão em Chinatown e em toda a parte, como Deus Nosso Senhor; os italianos sabe-se lá por onde andam (se não os descobrir pode sempre ver, de enfiada, no DVD a saga Godfather, que fica a ganhar) porque Little Italy foi vítima de uma espécie de Anchluss cometido pelos cidadãos oriundos da People Republic of China; o essencial dos judeus já há muito trocaram as enxovias do Lower East Side pelas salas climatizadas das administrações dos bancos de negócio de Wall Street; os pretos prosseguem o êxodo para Norte do paralelo formado pela rua 120; os hispânicos estão acantonados no Bronx, os coreanos em Little Korea e com enclaves/embaixadas do tipo Gibraltar espalhadas por todos os boroughs que assumem a forma de lojas de conveniência que vendem tudo 24 horas por dia e sete dias por semana; as churrascarias brasileiras de rodízio moram na 46 St, enganadoramente baptizada Little Portugal; os tugas e brazucas atravessaram o rio e partilham a Ferry St em Newark (pronunciar nuâque)  -  e assim sucessivamente.

Em contraste com esta compartimentada organização norte americana, em Londres é tudo ao monte e fé em Deus. Queensway é a demonstração desta minha tese.

Queensway, fim da manhã de 5 Dezembro 2009

música: Good times bad times, Led Zeppelin
Tags:
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Há uma boa forma de distinguir um do outro; é ir à...
Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Ligações

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds