Quinta-feira, 10 de Setembro de 2009

Da importância de inspeccionar a sanita antes de se sentar e não se descalçar se cheira mal dos pés

O mundo está perigoso, como dizia o Vasco Pulido Valente.

Noutro dia, um australiano andava a passear num centro comercial, deu-lhe a volta à barriga, procurou a casa de banho, sentou-se no trono, aliviou as tripas e quando se ia a levantar, para proceder à limpeza metódica (presumo) do rabo, constatou que não podia, porque tinha o traseiro colado à sanita.

Pôs aos berros, chamando a atenção para a sua desgraça, e acabou por ser conduzido, com o rabo sujo e a sanita colada (estilo anexo) ao traseiro, pelos bombeiros ao hospital onde os médicos usaram poderosos solventes industriais para o libertar.

É terrível que qualquer pessoa anónima que ande por aí à solta com diarreia possa ser vítima de um atentado terrorista como este, cometido por um engraçadinho equipado com um tubo de supercola, que se adquire em qualquer hipermercado a um preço bastante em conta.

Eu até sou adepto de partidas, mas o mais longe que fui no capítulo das patifarias, foi esconder na gaveta dos legumes do frigorífico um dos sapatos que o Mané tinha a mania de descalçar durante os jogos de king que fazíamos em casa do Jaime – apesar de estar farto de saber que cheirava mal dos pés.

No final do jogo, sem que ninguém reparasse, escondi-lhe o sapato e vim-me logo embora, deixando o Mané retido em casa do Jaime, onde se demorou várias horas na busca do sapato desaparecido. Uma pequena patifaria, mas de bom gosto (digo eu).

E já agora dois conselhos, em jeito de moral da história, para evitar  imprevistos:

1.     Inspeccione bem todas as sanitas desconhecidas antes de se sentar:

 

2.    Se cheirar mal dos pés, abstenha-se de se descalçar em casa alheia, durante jogos de cartas.

música: Perfect day, Lou Reed
publicado por Jorge Fiel às 18:08
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De João Sousa a 10 de Setembro de 2009 às 19:46
A supercola não é de secagem extremamente rápida? Se sim, isso implicaria que esta vítima tivesse entrado no reservado imediatamente a seguir ao perpetrador. Ora eu sempre tenho achado que não é boa política entrar imediatamente no mau ambiente alheio.

De qualquer forma, é óbvio que este australiano não é apologista do "O" de papel - ou, para os menos dotados para a bricolage, o rectângulo de papel. Se assim fosse, teria certamente notado que havia uma substância adicional no tampo.
De Jorge Fiel a 11 de Setembro de 2009 às 10:21
Preclaro João Sousa

Essa possibilidade de vitima e perpetrador se terem cruzado é muito bem observada. O meu preclaro amigo tem, sem dúvida, tanto olho como o Kurt Wallander.

A bem da Nação!
De Turmalina a 11 de Setembro de 2009 às 02:03
Muito bom o post, embora eu acredite que as mulheres sejam mais cuidadosas ( em todos os sentidos), Vim por indicação do Carlos :o)
De Jorge Fiel a 11 de Setembro de 2009 às 10:25
Preclara Turmalina

Não estou a ver muito qual dos Carlos (dantes havia uma assoicação onomástica que os reunia) lhe recomendou a frequência este blogue (que às vezes está mais sujo que uma tampa de sanita), mas peço à preclara amiga Turmalina que lhe agradeça por mim, da próxima vez que estiver com ele.

De resto, além das boas vindas, só lhe posso dar razão. O australiano foi incauto e, no geral, as mulheres são mais cuidadosas que os homens.

A bem da Nação!
De carlosbarbosaoliveira a 11 de Setembro de 2009 às 10:34
O Carlos sou eu, Jorge. Habito um Rochedo na blogosfera, perto do Guincho, mas sou tripeiro. Jornalista como tu, imas errante pelo mundo durante muitos anos.
Dou umas sugestões sobre blogs e, como sou fiel cliente da Lavandaria, hoje sugeri uma visita até aqui.
Ah, é verdade! No dia em que nasci o meu pai inscreveu-me no grupo onomástico "Os Carlos" que tinha um jornalinho. Não sei se ainda existe, mas a sede creio que era aí no Porto
Abraço
De Margarida a 11 de Setembro de 2009 às 10:42
...e se um dia houvesse um jantarinho para reunir portuenses, os nascidos na Júlio Dinis (eu!), os do Alexandre e do Rainha (presente!), os que gostam de escrevinhar e ler os que sabem escrever (eu, outra vez) e convidassem os amigos por aí fora, para que a festaça fosse bem democrática?
Os cavalheiros, que são cosmopolitas e uns grandes 'connaisseurs', é que podiam pensar no assunto...
De Jorge Fiel a 12 de Setembro de 2009 às 06:35
Preclara Margarida

Tenho um medo terrível desses jantarinhos. Temo não me recordar de ninguém - é o Alzheimer levemente precoce a atacar :-) - e ouvir "estás muito mais gordo e careca" (que como agravante é verdade...).

Mas a Maternidade Júlio Dinis, o Alexandre e o Rainha são coisas que me tocam muito.

Je ne sais pas, ou, dito de outra maneira, fico com mixed feelings - isto para estar à altura das tuas expectativas e dar uma de cosmopolita :-)

bj

A bem da Nação!
De Jorge Fiel a 12 de Setembro de 2009 às 06:31
Preclaro carlosbarbosaoliveira

O Guincho é muito bom. Um bocado ventoso, mas espectacular.

Infelizmente nunca tive oportunidade de andar muito a vagabundear pelo mundo em trabalho - mais em turismo.

Gostaria muito de ter vivido uns períodos no estrangeiro, mas a coisa mais próxima de que andei disso foi ter estado um ano no Funchal e uns oito anos em Lisboa, divididos por quatro períodos - e três casas (Flamenga, Telheiras e S. João do Estoril).

O grupo Onomástico Carlos era muito poderoso. Sim, a sede era aqui no Porto. Mas creio que desapareceu. Uma boa questão (e tema jornalistico)!

Muito obrigado por encaminhares clientela para esta Lavandaria :-) e por me fazeres o favor de ir lendo os disparates que aqui escrevo.

um abraço!

A bem da Nação!
De Margarida a 12 de Setembro de 2009 às 10:56
...e também vivi em Telheiras...
De Jorge Fiel a 12 de Setembro de 2009 às 14:01
Preclara Margarida

Small world - o David Lodge tem um livro com este titulo que recomendo vivamente.

Telheiras é um bairro muito fixe. Habitei lá qundo estive a editar a Revista do Expresso. Morava perto do Metro e sempre que podia ir ler jornais para as esplanadas.

A bem da Nação!
De Carlos Ferreira da Cruz a 17 de Dezembro de 2009 às 22:39
Mensagem para Carlos Barbosa Oliveira.
Li a informação de que já pertenceu ao Grupo Onomástico "Os Carlos". Posso dizer-lhe que o Grupo ainda existe e elegeu, em 7/11 uma Comissão Administrativa, estando, neste momento à procura de novos sócios e colaboradores que justifiquem a razão de existir no domínio em que deve actuar - Cultura e Filantropia. Esta mensagem é apenas para estabelecer contacto consigo se estiver interessado. Pertenço à CA do Grupo que tem o seguinte email: carlosgrpo@gmail.com e criou recentemente um blog: http://oscarlosgronomastico.blogspot.com. Esperamos o seu contacto.
Carlos Ferreira da Cruz 17/12/2009

Comentar post

Eu ao espelho


Nasci em Maio de 1956 na Maternidade Júlio Dinis. Fiz a primária no Campo 24 de Agosto e o essencial do liceu (concluído entre o Nobre e Gaia) no Alexandre Herculano. Entre os 15 e os 21 anos fui militante da LCI. Li quase tudo que o Marx, o Lenine, o Trotsky e a Rosa Luxemburgo escreveram.
Ler mais

Pesquisar este blog

Entradas recentes

Lavandaria está agora a c...

Moscas anunciam chegada d...

Apaixonei-me pela Bona, a...

Uma folha A4 dobrada em 4...

O café do Europeijska não...

mais comentados

últ. comentários

Há uma boa forma de distinguir um do outro; é ir à...
Tive conhecimento deste vinho," monte ermes", tint...
Num passeio à Ribeira lembrei-me de recordar algum...
prática do sexo anal estaria aumentando?Embora no ...
O autor deste artigo de peixe não sabe nada, por i...

Arquivos

Abril 2012

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Abril 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Maio 2006

Tags

todas as tags

blogs SAPO

Subscrever feeds